O que é e para que serve a arte-final?

  • 0
arte-final

O que é e para que serve a arte-final?

Category : gráficas

No universo das gráficas e dos artistas de criação de layouts, a arte-final é um processo de acabamento final de um trabalho de arte a ser produzido graficamente, com especificações sobre retículas, áreas de cor, fotografias, ampliações, reduções, etc, tudo de forma a garantir que o resultado final da arte seja o mais adequado. Essa é uma definição encontrada em dicionários e que explica bem o que é o processo. Mas vamos a uma definição mais didática.
Imagine que você vai produzir uma arte para, por exemplo, um panfleto. O designer cria a arte, mas para que ela possa ser impressa da maneira correta pela gráfica, é preciso fazer diversos ajustes técnicos nessa arte. E são esses ajustes que vão transformar a arte em arte-final, ou seja, um arquivo que está pronto para ser impresso pela gráfica com a segurança de que o resultado final terá a qualidade necessária para o cliente. O arte-finalista, o profissional que cuida dessa transformação, tem que ter conhecimento técnico sobre como determinada gráfica precisa que a arte-final seja entregue. Ele pode perguntar para a gráfica quais características devem ser observadas antes do envio do arquivo para impressão.
A arte-final passou a ser uma regra para agências de publicidade, designer e outros profissionais por causa da necessidade das gráficas em entregarem o produto final impresso com garantias de qualidade para os seus clientes. Antes desse processo, a qualidade podia ficar bem comprometida, com cortes em locais errados, cores destoantes, ampliações de imagens que ficavam reticuladas, entre outros tantos problemas. Já com a arte-final, o arquivo é produzido seguindo regras e passa por revisão antes de ser enviado para a gráfica, que ao observar problemas com o arquivo pode solicitar as correções necessárias.
Além das imagens em si, existem outros usos que requerem uma arte-final, como a diagramação dos textos de uma arte, com enquadramentos e espaçamentos corretos, para que o resultado fique harmonioso. Dessa forma, a arte-final serve também para outros tipos de trabalho, de acordo com o que se destina, como matérias para jornais e revistas, revistas em quadrinhos, para definir as cores para aplicação da arte em tecidos, a paginação correta para fechamento de arquivos para livros revistas e outros materiais similares etc. Até mesmo vídeos precisam de arte-final, antes da transformação do arquivo.
Com o advento da informática, o arte-finalista viu seu trabalho ser facilitado, pois passou a contar com recursos até então inexistentes para executar seu serviço, como o Photoshop, Illustrator, InDesign, Corel Draw e muitos outros software de criação e manipulação de imagens, além de conseguir uma maior precisão. Dessa forma, o processo de artes para artes-finais se tornou mais fácil e rápido de ser feito através de um computador, com a possibilidade de gerar linhas de sangria, alinhar e centralizar objetos, formatar textos, diversos tipos diferentes de fontes e até mesmo seguir o esquema de cores Pantone, que é o utilizado pelas gráficas e que é a melhor forma de garantir a fidelidade das cores.


Leave a Reply

Assine nossa newsletter